Negado pedido de usucapião de R$ 167 milhões a cliente que recebeu informe incorreto do banco

Negado pedido de usucapião de R$ 167 milhões a cliente que recebeu informe incorreto do banco

 

Em ação de usucapião ajuizada contra o Banco do Brasil, alegou o autor (cliente do banco) que recebeu informes do Imposto de Renda onde constava em sua conta o valor milionário, tendo permanecido na posse do dinheiro ininterruptamente por mais de cinco anos sem contestação, o que lhe daria direito a exigir o reconhecimento da propriedade sobre o valor.

No julgamento do Recurso Especial 1537584, entendeu o STJ que valor discutido no processo nunca existiu, que o autor jamais teve a posse sobre a aplicação financeira e que não exerceu posse pelo prazo necessário ao reconhecimento da usucapião.

 

Fonte

Compartilhe nas suas redes sociais:


Increva-se na nossa Newsletter!

Receba todas as novidades da M.BIASIOLI direto no seu e-mail!

Increva-se na nossa Newsletter!

Receba todas as novidades da M.BIASIOLI direto no seu e-mail!

Increva-se na nossa Newsletter!

Receba todas as novidades da M.BIASIOLI direto no seu e-mail!